RAD Studio 10.2 Tokyo & MariaDB

Posted by on in Blogs

A release do RAD Studio 10.2 Tokyo se aproxima, e estamos autorizados a falar de alguns dos recursos que estarão chegando em breve.

Obviamente a grande novidade desta versão é a adição de mais uma plataforma, o compilador Linux 64 bit, para aplicações “server side”. Já cobrimos isso nos três últimos episódios do Delphi Academy, você pode encontrar tudo aqui: https://fernandorizzato.com/2017/03/10/delphi-academy-iniciando-com-delphi-para-linux-64-bit/.

Hoje gostaria de falar um pouco sobre as novas features do FireDAC, nosso framework de acesso a dados multiplataforma. Nesta nova versão, além de updates em boa parte dos drivers de conexão, estamos adicionando suporte ao MariaDB.

Para quem não conhece, MariaDB é um “fork” do MySQL. Na prática, quando a Oracle tornou o MySQL um produto comercial, o desenvolvedor original do MySQL criou esta variação com a promessa de mantê-lo Open e Free. Polêmicas e estratégias a parte, fato é que o MariaDB acabou por abocanhar uma parte do mercado do MySQL, então decidimos por suportá-lo.

Se quiser saber mais sobre, visite aqui: http://mariadb.org/.

Do ponto de vista “client”, o MariaDB se comporta como um MySQL. Em outras palavras, sua aplicação pode chamá-lo de MySQL que ele não reclama ;-).

Isto posto, o que fizemos foi atualizar o driver do MySQL para suportar de maneira simultânea o próprio MySQL bem como o MariaDB, facilitando migrações entre um e outro se necessário.

Abaixo uma captura de tela da VM onde estou testando a nova versão do RAD Studio, mostrando a ferramenta de SQL do MariaDB conectada a uma instância local, e uma app FireDAC conectada ao mesmo banco:

Screen Shot 2017-03-17 at 15.38.29.png




About
Gold User, Rank: 91, Points: 4
Lead Software Consultant, Latin America

Comments

Check out more tips and tricks in this development video: